Pages

Friday, 30 May 2008

Seca de Idéias


Pessoal, estou meio sem inspiração ultimamente. Essa seca tem se agravado pois fico pensado nos meus queridos leitores. Então para não deixa-los tão sozinhos e com um vazio interior enorme eu resolvi dar uma pincelada geral em vários assuntos e fazer alguns comentários. Bear with me.....

Prefeito de Londres sai de Férias.....
Meu povo, vocês não imaginam o rebu que deu por causa das ferias do novo prefeito. Eu não tenho nada contra ele. Só acho que ele é a pior escolha que poderia ter sido feita e que é um louco. Mas como diria minha amiga AP do Rio, é muita falta do que falar. O cara tira 3 dias de ferias com a família e a imprensa cai matando. Isso mesmo, 3 dias. Não foram 30, 300 ou 3000. Foram 3.

Falando em prefeito....
A prefeitura de Fortaleza é palco de uma guerra interessante. Aparentemente, tem uma ruma de gente que quer ser prefeito por uma semana. A prefeita foi aos Estados Unidos para uma visita oficial de estado (ou seria de município) e não passou o cargo para o vice nem para o presidente da câmara pois ambos estão em campanha. Ela passou então o cargo para um procurador geral do município, que procurado não foi achado. Um Juiz de uma Vara da Fazenda Publica achou que ele que deveria ser o prefeito e entrou na justiça. Resumo: a vara comeu......

Internet na Praça
Uma famosa praça de Londres, Hoxton Square, terá free wireless nesse verão. Um passarinho internauta me falou que ha algumas outras praças e parques em Londres que também vão wireless. Já tem até empresa programando uma tarde na praça. Muito civilizado, não. Se fosse no Brasil, uma tarde empresarial na praça resultaria em um prejuízo grande já que todos os laptops iriam ser roubados pela 'Gang do Laptop'. Enfim, para a maioria dos escritórios de Londres sem ar-condicionado (o meu por exemplo) isso vai ser uma boa medida. Como falei outro dia, na próxima vez que fizer um calor imenso de 25 graus eu vou sacar meu traje de banho, toalha de praia, protetor solar e laptop e vou aproveitar.....

Reino Unido rumo ao terceiro mundo e Brasil ao primeiro.
Minha gente, a coisa aqui está preta. Todo dia só o que vejo nos jornais são noticias sobre o aumento da violência em Londres, inflação, aumento de juros, pessoas que não podem comprar casa própria, saúde publica em crise, etc. Como diria o outro: Eu saí do Brasil, mas o Brasil me persegue..... Mas justiça seja feita, as noticias que chegam aqui do Brasil são ótimas. Crescimento econômico, investimentos mil, muito petróleo, etc. Já ouvi até falar a boca pequena que o governo brasileiro encomendou a NASA um projeto para mover o Brasil para a Europa usando tecnologia nuclear.......

Wino
Para quem não sabe, Wino é como a imprensa chama a cantora Amy Winehouse. O fato é que a cantora está nos jornais todos os dias. Bom? Que nada. Como ela apronta horrores e tem comportamentos excêntricos (excêntrico por que é famosa. Se fosse eu seriam comportamentos de gente doida). Outro dia ela resolveu colocar lenço na cabeça, cigarro na ponta da boca, aspirador na mão e fazer faxina em casa com direito a levar o lixo pra fora e tudo. Normal, não? O problema é que era 2 da manha. Na verdade, jogue a primeira pedra quem já não fez algo diferente para acabar com uma insônia. Eu conheço uma pessoa que acorda 3 da manha e vai lavar calcinha e sutiã. Cada doido com sua mania....

Sex and the City
Saiu o filme Sex and the City. Eu não vejo a hora de assistir. Na verdade não importa se o filme é bom ou não. Não precisa nem ter uma historia. Basta ser Sex and the City. Delirei? Talvez. Who cares!

Bom, por enquanto é só. Se eu lembrar de mais alguma coisa eu faço um plantão.

Abracao,

Nelson

Friday, 23 May 2008

Plantão do Blog – Abalou Geral

Meu povo, essa semana senti uma tremedeira no corpo e não sabia o que era. Descobri que era reflexo dos tremores de terra no Ceara. Ao saber do ocorrido, tentei investigar o que acontecera. Como Sobral estava como um dos lugares em que o tremor fora mais acentuado, fiquei preocupado e tentei saber se os ícones da cidade haviam sofrido algum damage. Os ícones da cidade são: O Arco do Triunfo, A Pirâmide e o Cristo Redentor…….Qualquer semelhança é mera coincidência…….

Enfim, fiz alguns contatos para saber quão grande havia sido o tremor. Mas infelizmente ninguém conhecia Richter. Alguém perguntou se era o ex-marido da fulana…………

A lição que tirei desse evento sísmico foi: Vaso Ruim não Quebra…..

Abracao.

Nelson

PS: Para quem não sabe, Sobral é a Princesa do Norte do Ceara. Mas comumente conhecida como United States of Sobral. Terra de filósofos modernos como Renato Aragão e Ciro Gomes. Alem disso tudo, ela é a cidade natal desse seu querido blogueiro……

Thursday, 15 May 2008

O Ópio do Povo


Hi peeps,

Para os que não moram em terras elisabetanas e sim em terras alencarinas, ararariboianas, alceuvalentinas, erundininas, gauchinas e lulinas em geral, no finde passado o Reino Unido recebeu uma frente quente vinda do mediterrâneo. Fez um calor maravilhoso (25oC). Essa concepção de calor é interessante. Com essa temperatura em terras alencarinas as pessoas estariam usando casacos. Aqui elas usam biquínis. Em uma terra em que verão é uma estação bienal, essa é uma temperatura tropicalissima. Imediatamente eu saquei meu protetor solar, roupa de banho e toalha de praia e me mudei para o Hampstead Heath. Fiquei ate bronzeado!

O interessante desse fenômeno é que Londres muda a cara e a energia. A sensação é de não estar em Londres mas em uma cidade mediterrânea. As pessoas ficam alegres, usam pouca roupa nas ruas e em alguns lugares da cidade as ruas ficam tomadas de gente aproveitando o calor, o sol e, principalmente, a energia. A energia é realmente outra. O calor não torna as pessoas mais agressivas e sim mais harmoniosas. Vira quase um clima de êxtase total, paz, amor, serenidade e felicidade. Sem exageros, é quase uma viagem astral. Todos se amam......e como.

Falando em frente quente, a Argentina ainda exporta frentes frias? Lembro-me muito bem como o sul e o sudeste do Brasil consumiam bastante esse produto argentino. Ate o Nordeste era consumidor esporádico.

Voltando a Londres, as frentes que vem do mediterrâneo ou do continente não são sempre quentes. Outro dia, veio uma frente de fedor da Franca (meio redundante, nao?). Basicamente, os ventos do canal da mancha trouxeram a terras borisianas um fedor de adubo das plantações francesas. Quando saí de casa pela manha para ir ao trabalho, chequei o solado do sapato varias vezes achando que tinha pisado em algo indesejado. Foi estranho e engraçado. Estranho pois é bizarro imaginar como uma nuvem de fedor pode atravessar o canal de mancha sem dissipar-se. Engraçado pois o fedor acorda questões históricas adormecidas. Se um dia os Ingleses lutaram contra uma invasão napoleônica, em 2008 eles lutaram contra uma invasão fedorentonica. Os meios de comunicação aproveitaram a festa. Manchetes como Fedor Francês Invade Londres estavam em todos os jornais. Foi como ter queijo e baguete na mão. O queijo já meio passadinho.

O fato é que esse verão promete bombar. Aquecimento global ou não, é melhor salvar o planeta de sunga do que de casado, gorro e luvas. Eu nunca pensei que um dia eu iria dizer isso mas QUE VENHA O CALOR e tudo que ele trás: corpos nus, sol, diversão, energia. Que o calor seja o ópio do povo..... Precisamos desse ópio para encarar o novo prefeito de Londres. Haja calor.........

Abracao,

Nelson

PS: Depois eu faço um post sobre as eleições para prefeito de Londres.

Friday, 9 May 2008

Espelho, espelho meu.....


Pessoal, a vida em Londres às vezes não é nada fácil. Principalmente quando vc tem bom gosto e quer arrumar sua casa. Ainda bem que existe algo chamado IKEA. Ela é o milagre, a cura, a solução, a saída, o TUDO. Para quem não sabe, depois do ABBA, a IKEA é a melhor coisa que a Suécia já exportou. Ta certo que não tem o olhar de sofrimento da loira da banda, o cabelo esvoacante da morena ou as roupas ‘maravilhosas’ dos meninos, mas é fantástica. Tem de um tudo. Do penico a bomba atômica. Obviamente que tem produtos para todos os preços e gostos. Minha amiga RV montou a casa dela toda da IKEA e ficou liiinda. Ela vai tanto a IKEA, que se vc perguntar aos vendedores quem é RV, todos sabem.

Apesar dessas qualidades milagrosas, o santo (ou a santa) às vezes não atende o pedido. Quando isso acontece, temos que usar a criatividade, sentidos em alerta, saída estratégica pela direita e vamos nessa.

Esse preâmbulo todo com direito a merchandising foi para contar um episodio que aconteceu outro dia. Minha amiga C, aquela que tem um marido que não troca uma lâmpada, estava a bordejar por uma das mais chics e caras avenidas de Londres, a Kilburn High Road (mas chic que essa só a Crickewood Broadway), e se encantou com um espelho que estava em uma vitrine de uma boutique finíssima, a Oxfam. Obviamente que ela não resistiu, entrou e comprou o dito espelho. Como o dito pesava uma tonelada e ela tem um marido que não troca uma lâmpada, deixou para pegar outro dia quando achasse almas caridosas que a ajudassem.

Coincidentemente, C organizou uma reuniaozita em sua casa as voltas daquele dia. Convidou alguns amigos (numero suficiente para caber no comprimento do espelho). Obviamente que eu estava naquele seletíssimo grupo. A reuniaozita foi regada a vinho rose da melhor qualidade. Lá pelas tantas, o assunto do espelho veio à tona. Todos nos, os convivas, compadecemos daquela pobre alma e nos oferecemos para pegar o espelho. Com algumas tacas de rose na cabeça, iniciamos a jornada a loja. No caminho eu perguntei algumas vezes qual era o tamanho do espelho. C respondia: MASSIVE, mas levinho.

Justiça seja feita, o espelho não era massive mas era extemamentississimamente pesado. Montamos uma operação de guerra para levar o espelho órfão ao seu novo lar. Lá fomos nos, eu na rabeta, AC à frente, C e TS no meio. E claro OG coordenando a operação, com direito a registro fotográfico para a posteridade e sirene em forma de gargalhadas para alertar os transeuntes. No final entramos casa adentro com o espelho, que passou por vários locais ate pousar no local definitivo.

Com toda essa operação espelhistica, alguns questionamentos profundos vieram a minha cabeça:

Teria sido o espelho inventado na idade da pedra?

Será espelho uma necessidade básica ou um acessório?

Por que será que a madrasta da Branca de Neve tinha um espelho mágico e não um furador de coco mágico?

Será que buscamos nos conhecer inteiramente quando nos olhamos no espelho?
Será que quebrar espelho traz mesmo sete anos de azar?

Será que pessoas grandes precisam de espelhos grandes e pessoas baixas pequenos espelhos?

Quem ha de ter inventado o espelho no teto em motéis?

E como perguntaria a grande pensadora dos tempos modernos, Carie Bradshaw: Are we all sluts?

Abracao,

Nelson